31 de agosto

Saiba como calcular a margem de lucro de sua loja de móveis

Esqueça as chamadas “contas de padeiro”. Se você quer garantir a saúde financeira da sua loja de móveis, é fundamental que saiba como calcular a margem de lucro da sua empresa. Cálculos mal feitos podem levar a graves enganos e provocar prejuízos.

Existem três tipos de margem de lucro: a por contribuição, a bruta, a líquida. Você também aprenderá neste post o conceito de markup para determinar o preço de mercadorias e o lucro.

Entenda a diferença de cada um e como obter os indicadores que levarão a uma análise certeira da rentabilidade da sua empresa:

Margem de lucro bruta

Aliada para determinar preços, a margem bruta é a diferença entre o valor pelo qual o produto é vendido e quanto lhe custou obtê-lo. Por exemplo: se você vende um móvel por R$1000, mas pagou R$800, seu lucro bruto será de R$200 e sua margem bruta será de 20%.

Em termos matemáticos:

Margem bruta = lucro bruto (receita bruta – despesas da aquisição) / receita bruta (ou seja, o preço cobrado) x 100

No caso do exemplo acima, teríamos a seguinte equação:

Margem bruta = 1000 – 800 / 1000 x 100

Logo, a margem bruta é de 20%.

Margem de lucro líquida

A margem de lucro líquida é uma sofisticação em relação à margem bruta e permitirá medir a saúde financeira da empresa como um todo, porque leva em consideração não apenas o gasto de aquisição dos itens, mas o custo de manutenção do próprio negócio, incluindo na conta encargos e despesas com o imóvel da empresa, por exemplo. Assim, para cada real de receita obtido, saberemos efetivamente quanto se converte em lucro líquido para o empresário.

Retomemos o exemplo anterior. Sabemos que o preço pelo qual o móvel é vendido é de R$1000 e que o custo de aquisição dela é de R$800. Sabemos também que o estoque da loja se resume a apenas 10 móveis iguais, de mesmo preço, e que seu custo total de manutenção é de R$1000.

Divididos proporcionalmente entre os produtos da loja, o custo de manutenção representa R$100 por escrivaninha. Então, o lucro líquido será de R$100 e a margem líquida de 10%. Isso quer dizer que a cada R$100 de receita da empresa, o empresário obterá R$10 de lucro líquido.

Em notação matemática, temos:

Margem líquida = lucro líquido (preço da peça – custos de aquisição – custos da empresa proporcionalmente calculada para cada peça) / receita total x 100

FOCCO_corpo_31_8_2016 calcular a margem de lucro

Margem de lucro por contribuição

A margem por contribuição é medida calculando-se os custos de compra de um produto, somados ao custo de venda ou revenda (impostos obrigatórios, por exemplo, sobre a transação) e descontando-os do preço do produto. O valor da margem precisa ser maior do que o de custos fixos da empresa para que ela seja lucrativa.

Nesse caso, é importante calcular margem por contribuição não apenas por produto, mas também globalmente. Eventualmente, um produto não se mostrará lucrativo, mas no conjunto da empresa as contas se equilibrarão e a importância desse produto pode estar em atrair mais clientes.

Matematicamente falando:

Margem por contribuição = receita – custo de aquisição e custos associados à venda

Markup

O markup é o valor percentual calculado a partir dos custos de produção e venda da mercadoria e que comporá o preço final do produto. Para realizar este cálculo, é necessário conhecer o percentual de despesas variáveis que é atribuído a cada produto comercializado; identificar as despesas fixas do período para cada produto; e por fim, definir o percentual de lucro pretendido sobre cada produto, adotando a seguinte fórmula: 

100/[100-(DV+DF+LP)]

Para chegar ao preço ideal para cada mercadoria e entender a rentabilidade da empresa, é preciso usar uma combinação desses indicadores. O markup sozinho pode levar a prejuízo, assim como a margem bruta não resolverá a contabilidade toda.

Agora que você já entendeu como calcular a margem de lucro, mas ainda que se aprofundar no assunto? Então acesse esse post que ensina você a fazer um fluxo de caixa perfeito!

calcular a margem de lucro

Deixe seu comentário