23 de março

10 estratégias para aumentar as vendas de sua loja de móveis

Seu objetivo é aumentar as vendas da loja de móveis planejados? Então leia este artigo e confira!

Tocar um negócio é como andar de bicicleta: é preciso estar em movimento para não cair, ou seja, se aprimorar, pesquisar, investir, inovar, se esforçar, insistir sempre. A estagnação pode ser o maior empecilho no momento de criar suas estratégias de como vender móveis planejados.

Sabemos que o tempo para quem lida com gestão de negócios é bem corrido, então separamos essas dicas valiosas em tópicos, tudo simplificado para não perdermos tempo!

Vamos lá ao que interessa: as estratégias para aumentar as vendas de móveis planejados!

1. Estimule a equipe para aumentar vendas da loja de móveis

Muitos lojistas colocam como prioridade o investimento no processo de “atração” dos clientes — anúncios, preços competitivos, vitrines elaboradas — e se esquecem de se preparar para o mais importante dos momentos: quando o cliente coloca os pés na loja.

Quem vai abrir a porta para recebê-lo tem no rosto um sorriso? A visita será prazerosa? Ele vai querer voltar? Quando voltar, ele vai querer trazer os amigos? Respostas positivas para essas questões dependem de um fator: sua equipe.

Um vendedor feliz, disposto, bem informado e prestativo é quase tudo que o cliente quer. Investir e garantir o bem-estar da sua equipe de vendas para que ela também se apaixone pelo seu negócio, deve ser sua meta. Perceba que o sucesso do vendedor é o sucesso da sua empresa!

Invista na capacitação e na motivação da equipe para aumentar as vendas da loja de móveis!

2. Tenha um ambiente para a sessão de vendas da loja de móveis

Você, com certeza, já passou pela situação de entrar em um ambiente tão agradável que não quis sair de lá. Então, mãos à obra: invista no ambiente para que seu cliente se sinta em casa e disposto sempre a voltar para comprar o que precisa.

Existem, pelo menos, dois locais na loja que devem ser considerados: o Showroom, onde ficam os produtos, e a sala de atendimento, na qual são avaliados os projetos e é feita a negociação de contrato.

O primeiro deve estar organizado de acordo com o tipo de produto que o cliente busca para ajudar na orientação. Ambientes externos, sala de estar, quarto etc. E, claro, o cliente precisa interagir com os móveis para sentir como eles ficariam em sua própria casa.

Já na sala de atendimento é bom manter o ambiente sem muita poluição visual, para que o foco seja a negociação. Cadeiras confortáveis, biscoitos, água e um café podem fazer uma grande diferença na hora de fechar um pedido.

3. Faça promoções e descontos

Equipe preparada, ambiente aconchegante e organizado, é hora de trazer os clientes para aproveitar a experiência de conhecer sua loja. Para isso, é preciso um convite.

Quer algo mais convidativo do que uma boa promoção?

Outra medida importante para não errar na precificação é saber até onde se pode ir para garantir a venda. Portanto, é interessante que se saiba calcular a rentabilidade da loja.

vendas da loja de móveis

4. Ofereça facilidade de pagamento

Por que a sua loja aceita uma bandeira de cartão e não aceita outra? Por que não é possível dividir em 10 vezes sem juros? Fluxo de caixa?

Bom, se você não se sente preparado para facilitar o pagamento, por que não se preparar então?

Estabeleça a meta de colocar as finanças em dia, de economizar e fazer um caixa que permita você dividir até em carnê de pagamento, desde que seja interessante para o negócio, claro. Você também pode estabelecer uma parceria com uma financeira, o que permitirá oferecer o benefício do parcelamento e fortalecer seu fluxo de caixa. Assim você irá aumentar as chances de ter mais vendas da loja de móveis.

5. Estimule a fidelização do cliente

Uma verdade: não é porque o cliente gosta da loja, dos produtos, do atendimento, dos preços e das formas de pagamento que ele será fiel. O tratamento diferenciado ajuda, cupons de desconto para próxima compra também, mas sua loja pode mais!

A dica é usar com sabedoria o banco de dados da clientela.

Ao comprar, geralmente o cliente deixa uma série de dados como e-mail, telefone e endereço. Use esses meios a seu favor para “conversar” com seu cliente de vez em quando. Informar sobre uma nova promoção, enviar um cartão de aniversário que ofereça um desconto exclusivo, checar após um período de tempo se ele ficou satisfeito com a compra e se o produto comprado tem atendido à necessidade.

6. Use a tecnologia para vender móveis planejados

Vamos resumir numa frase com ares de conteúdo motivacional: quem não planeja, tem destino, quem planeja, tem futuro! Concordamos que não é dos trabalhos mais fáceis, mas a tecnologia está aí para facilitar a sua vida.

Pesquise sobre softwares de gestão para a rede moveleira. Uma gestão automatizada permitirá mais tempo livre para que você possa investir no crescimento do seu negócio!

7. Faça uma autocrítica no plano de como vender móveis planejados

Mesmo que tudo siga de acordo com o plano, você deve se perguntar: “será que estou mesmo fazendo tudo certo?”. Podem ser palavras simples, mas já fazem uma grande diferença nas vendas da sua loja de móveis. Tornar o questionamento um hábito contribui bastante para o aprimoramento constante dos seus protocolos e do seu atendimento.

Em termos mais práticos.

Você pode marcar um dia por mês ou semana para se reunir com a equipe de vendas de móveis planejados, por exemplo, e avaliar se existe alguma forma de tornar o trabalho de todos mais eficiente. Reavaliar a própria atuação enquanto empreendedor é o que separa as pequenas das grandes empresas.

8. Estude as novas tendências

Claro que, para conseguir aumentar as vendas de móveis planejados da sua loja, você precisa entender o que as pessoas querem comprar.

Um fator importante, dependendo do porte da sua loja, é a tendência atual em decoração. Alguns clientes vão buscar produtos vindos de designers famosos ou diretamente de alguma marca favorita. Se você trabalha com móveis sob medida, esse conhecimento é ainda mais importante, pois aumenta seu leque de opções para atender melhor o seu público.

9. Divulgue para quem mais compra

Quanto de divulgação é necessário para conseguir atrair um cliente? Qual é a porcentagem de “vou comprar”, de “estou só olhando” e de “não estou interessado” Sempre existe um grupo mais propenso a cada resposta, e você só precisa encontrar o seu.

O ideal é você coletar os dados das vendas da sua loja de móveis ao longo do tempo e analisá-los. Poder aquisitivo e perfil geográfico são fatores básicos e bons para começar.

Faça testes e veja os resultados. Enquanto estiver funcionando, pode continuar alimentando o marketing.

10. Tente oferecer algo original

Você talvez note que as vendas da loja de móveis costumam vir principalmente de algum produto característico, algo que sua empresa oferece e que é único. Se esse produto já é reconhecido, basta garantir que ele acompanhe o crescimento da demanda.

Um item único no catálogo apresenta várias vantagens. Primeiro, é algo que sua concorrência não pode oferecer tão facilmente. Segundo, é um dos motivos principais para que os clientes recomendem seu serviço.

Gostou das nossas dicas de estratégias de como vender móveis planejados? Conhece outras estratégias? Compartilhe com a gente nos comentários!

vendas da loja de móveis

Deixe seu comentário