21 de setembro

Atendimento ao cliente: 6 dicas essenciais para sua loja de móveis

Focar na experiência positiva do atendimento ao cliente é uma das estratégias mais importantes para o sucesso de uma empresa. Os consumidores devem sentir que compraram não somente um produto. Devem sentir que criaram uma relação de longo prazo com uma empresa especialista no ramo de atuação.

Conquistar clientes e torná-los defensores da marca é uma consequência praticamente natural. E é necessária para a saúde financeira da empresa. Isso porque eles promovem a loja de móveis e trazem novos clientes sem que seja necessário fazer investimentos em publicidade, por exemplo.

Como gestor, você já havia refletido como um bom atendimento ao cliente pode reduzir custos de aquisição de clientes?

Então, continue lendo este post. Conheça 5 dicas essenciais e inteligentes para um atendimento ao cliente assertivo e eficaz na sua loja de móveis. 

1 – Trabalhe sua imagem de autoridade no setor

Existem várias maneiras de conquistar um cliente. Seja por um preço irrecusável ou por serviços extras inclusos no pacote. Mas para convencê-lo de que o seu negócio é o mais adequado para ele, é preciso transmitir confiança.

Trabalhar o nome da loja de móveis como autoridade no assunto é essencial para aumentar as vendas e melhorar o atendimento ao cliente.

Portanto, criar um site. Exponha os seus produtos e suas funcionalidades. Mostrar as tendências do setor ajuda a educar os consumidores e demonstrar que a empresa quer ofertar aquilo que o cliente realmente necessita.

2 – Conheça o perfil do seu cliente

Conhecendo o perfil do cliente a empresa pode direcionar a oferta de produtos, propor diferentes condições de compra e negociar a conclusão do serviço de acordo com a necessidade do cliente.

Um cliente que tenha uma agenda apertada de compromissos talvez não possa comparecer a loja. Mas não deve ser descartado por este motivo. Ao invés disso, agendar um horário especial ou usar canais de comunicação com imagens pode ajudar na demonstração dos produtos, como o Skype ou uma transmissão ao vivo pelo YouTube.

A empresa deve estar preparada para inovar em cada atendimento. Isto exige conhecimento do perfil do cliente, seja por meio de um sistema de CRM em que o cliente já esteja registrado ou na avaliação do vendedor no momento do primeiro contato com o potencial consumidor.

3 – Crie processos inteligentes

atendimento-ao-cliente

Um fluxo de ações bem definido e suportado por softwares e sistemas de gestão oferece segurança nos processos. Isto é tão importante para o vendedor quanto para o cliente. Pois uniformiza o atendimento e deixa o processo mais claro para o cliente, sem burocracias e retrabalhos que prejudicam o relacionamento.

4 – Use simpatia no atendimento ao cliente

Se por um lado os processos ajudam a criar um fluxo de atendimento, a simpatia no momento da venda torna a experiência mais agradável para o cliente.

Demonstrar gentileza na medida certa cativa o cliente. Ele, além de ficar satisfeito com o produto comprado, também sentirá que a equipe de vendas se sente feliz por tê-lo como cliente.

5 – Mantenha um relacionamento frequente

Um cliente fidelizado pode ter seu ticket médio de vendas aumentado regularmente, o que diminui cada vez mais seu custo de aquisição e também mantém a loja de móveis viva em sua memória para possíveis indicações.

Criar uma newsletter com novidades, usar dados do sistema de gestão de clientes para fazer ligações personalizadas e até entrar em contato para questionar a satisfação com o produto comprado são formas de demonstrar atenção e fidelizar o cliente.

6 – Esteja presente nas redes sociais

Os clientes estão mais abertos nas redes sociais e isso também permite que ele tenha outras opções de contato com a empresa. Diversificar os canais de interação é uma forma de atendê-lo melhor. E também de ter acesso a novos clientes que não cogitavam ou desconheciam as maneiras tradicionais de contato.

Como sua loja de móveis se relaciona com os clientes que já fecharam negócio com você? Eles fazem parte de um cadastro de clientes inativos ou de potenciais compradores? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre o assunto!

Imagens: Out of the box – Statement Agency

Deixe seu comentário